Capítulo III

From Arquivo Imperial
Jump to: navigation, search

Visconde Guilherme Barros de Bulhões Pedreira História de Fournaise Volume III Instituto Histórico Reunião Capitania Hereditária de Fournaise História da Capitania Hereditária de Fournaise LISTA DOS CARGOS CAPITANIAIS Capitães-Donatários Barão Flávio Werneck de Tavares-Lira (07/08/01 – Interino: Michel Hulmann (21/05/02 – 15/07/02) Interino: Francisco de Assis (03/11/02 – Cargos Públicos Governador 3º Marcelo Fernandes (25/08/01 – 16/01/01) Vice-Governador “Francisco de Assis” (03/09/01 – 16/01/01) Interinamente: Ricardo Tomasi (16/01/01 – 11/02/02) 4º Francisco de Assis (11/02/02 – 05/11/02) Secretários-Gerais 1º Tiago Carmona (27/09/01 – 16/01/01) Assembleia Legislativa de Fournaise (mudou de nome em 18/08/01, para Câmara Legislativa de Fournaise, e depois volta a ALFE) 4ª Legislatura -Presidente “Tiago Carmona” (26/10/01 – 16/01/01) -Sr. Francisco de Assis; (30/10/01 – 16/01/01) -Sr. Michel Hulmann (13/12/01 - 16/01/01) -Sir Polônio de Minsk (13/12/01 - 16/01/01) -Sr. Carlos Maia (13/12/01 – 16/01/01) 5ª Legislatura -Presidente “Marcelo Fernandes” (16/01/01 – 11/02/02) - Polônio de Minsk (16/01/01 – 16/07/02) - Luiz Octávio Azambuja (16/01/01 – 01/03/02) - Leonardo Oliveira (16/01/01 – 01/03/02) - Zélia Silveira (16/01/01 – 16/07/02) - Tiago Carmona (16/01/01 – 18/04/02) - Michel Hulmann (16/01/01 – 16/07/02) 6ª Legislatura -Presidente “Luís Romão” (11/02/02 – 16/07/02) - Polônio de Minsk (16/01/01 – 16/07/02) - Zélia Silveira (16/01/01 – 16/07/02) - Michel Hulmann (16/01/01 – 16/07/02) -Flávio Alencar (01/03/2 - 16/07/02) -Wagner Müller (01/03/02 – 18/04/02) -Brunno Barbosa (? – 23/05/02) -Paulo Elifaz (? – 23/05/02) -Marcelo Fernandes (23/05/02 – 16/07/02) 7ª Legislatura - Marcelo Fernandes – Presidente (16/07/02 - - Michel Hulmann - Vice-Presidente (16/07/02 - - Polônio de Minsk (16/07/02 - -Raphael Garcia (16/07/02 - - Erika Yamagishi (16/07/02 – - Tica Moreno (03/11/02 - - Thiago Caffaro (03/11/02 - - Luis Sobral (03/11/02 – Desembargador 2º Fábio Almeida (19/08/07 - 16/01/01) 3º Ricardo Tomasi (11/02/02 – Supremo Tribunal Fournaiseano Ricardo Tomasi (20/05/02 - Conselho Capitanial 1ª Legislatura - Sr. Ricardo César Franco (10/04/01 - 16/01/01) - Sr. Michel Hulmann (10/04/01 - 16/01/01) - Sr. Francisco de Assis Seixas (10/04/01 – 16/01/01) Secretários Secretário da Tecnologia e Inteligência “Gusmão Júnior” (02/08/00 – 16/01/01) Secretário da Cultura “Polônio de Minsk” (12/02/01 – 16/01/01) Secretária da Saúde e Bem-Estar Social “Laura Dicce” (12/03/01 – 16/01/01) Assessor de Comunicação Visual da Secretaria de propaganda e Imigração “Mario Cardoso” (04/08/01 - 16/01/01) Secretária da Integração “Marie Rielly” (08/07/01 – 16/01/01) Secretário das Fianças “Milton Fernandes” (02/09/01 – 16/01/01) Secretário da Publicidade e Imigração “Felipe Chaves” (10/09/01 – 16/01/01) Secretário da Administração do Governo “Tiago Carmona” (17/02/02 – 16/07/02) Secretário da Comunicação e Propaganda “Daniel Neves” (17/02/02 –16/07/02) Secretária da Saúde e Bem-Estar Social “Marie Rielly” (17/02/02 – 16/07/02) Secretária da Imigração e Integração “Erika Yamaghishi” (17/02/02 – 22/11/02) Secretário da Justiça “Michel Hulmann” (17/02/02 – 16/07/02) Secretário da Educação, Cultura e Desportos “Polônio de Minsk” (17/02/02 – Secretário da Fazenda “Flávio Lemos” (15/03/02 – 16/07/02) Secretário da Comunicação “Michel Hulmann” (16/07/02 – Secretário da Justiça “Raphael Garcia” (16/07/02 – Secretário da Imigração e Integração “Marcelo Fernandes” (22/11/02 – Burgos Tremblet Alcaide de Tremblet “Francisco Assis Seixas” (12/08/01 - 16/01/01) Alcaide de Tremblet “Leonardo Oliveira” (13/06/02 – Santa Rosa Burgomestre de Santa Rosa “Henriek von Zeni” (16/07/01 - 16/01/01) Bois Blanc Burgomestre de Bois Blanc “Polônio de Minsk” (16/07/01 - 16/01/01) São José Burgomestrina de São José “Marie Rielly” (12/08/01 - 16/01/01) Burgomestre de São José “Flávio Lemos” (24/03/02 – 13/06/02) Burgomestre de São José “Juliano Carvalho” (13/06/02 – Nova Canadá Secretária da Cultura de Nova Canadá “Manuela Gravina” (04/10/00 – 16/01/01) FCW3 Presidente: Marcelo Fernandes (? - 31/01/02) Presidente: Daniel Neves (31/01/02 – 17/02/02) Presidente: Antônio Carlos da Silveira (17/02/02 – 16/07/02) Presidente: Michel Hulmann (16/07/02 – Comissão para Assuntos Straussianos Presidente Luís Romão (24/05/02 – 16/07/02) HISTÓRIA Quando o Capitão-Donatário volta de sua viagem macro nacional, encontra uma Fournaise totalmente sem atividade. Após voltada a atividade natural à lista, começam a chegar os primeiros straussianos (já que haveria a tal unificação já comentada no Volume II) em 13 de janeiro de 2002. A proposta vigoraria durante seis meses, ao menos, numa Capitania de Fournaise que integraria os Straussianos e Fournaiseanos. Uma boa iniciativa do Capitão-Donatário foi pedir que todos se apresentassem na lista. Não apenas os straussianos que estavam chegando, mas também os antigos fournaiseanos. Foi boa porque aumentou significativamente a atividade na lista. Apesar de suas ameaças contra os straussianos que viriam para Fournaise, como “vou embora daqui”, Marcelo Fernandes parece receber bem os fournaiseanos, com uma espécie de “boas-vindas”. Como pode perceber-se na lista dos cargos capitaniais acima, o Capitão-Donatário exonerou, por causa da nova Capitania de Fournaise, todos dos seus cargos, tanto os de Fournaise quanto os de Stráussia. O Capitão-Donatário abre, ao dia 20 de janeiro, a apresentação de candidatos para Governador e Vice-Governador (já formados na chapa). E também foi nesse dia que surgiu o primeiro rastro dos Leões de Fournaise, na mesma mensagem em que o Capitão abre o período de candidaturas. Diz que era necessária sua criação, e solicita a ajuda da Guarda Imperial para criá-la. Ele também cria a Comissão Fournaiseana de World Wide Web, ou a FCW3. Nomeia para a presidência Marcelo Fernandes, e como membros Antônio Carlos da Silveira e Daniel Neves. Como o Comandante da Guarda Imperial era justamente um Fournaiseano, Francisco de Assis, ele diz que em breve implantariam os Leões de Fournaise. Essa seria a estrutura dos Leões de Fournaise: - 1 Coronel (que deverá ser moderador da lista capitanial) - 1 Delegado do Departamento e Investigações da Guarda Imperial - De 1 a 2 Investigadores. Com o advento do que foi chamado de Cooperativa, em relação à junção da Capitania de Stráussia à de Fournaise, surgiram discussões em forma de briga na capitania. O que já existia em Fournaise o povo de Stráussia queria mudar. Porém o de Fournaise não queria as mudanças. E brigas ocorreram. Como num entra-e-sai, Marcelo Fernandes novamente, como já havia feito, saiu do Sacro Império de Reunião temporariamente, alegando não ter tempo o suficiente para dedicar à capitania. Houve brigas em relação à regularidade da eleição que seria feita para eleger o Governador de Fournaise. Mas, no fim, apenas se candidatou Francisco de Assis, tendo como Vice-Governador em sua chapa Luís Romão. Finalmente, a eleição foi realizada, na primeira semana de fevereiro. Dia 10, os resultados saíram: o novo Governador. Como apenas uma pessoa se apresentou como candidato a governador, ele ganhou, sendo empossado pelo Capitão-Donatário dia 11. Após muito se discutir sobre a carta magna, ficando meses e meses, no dia 11 de fevereiro, finalmente, o Capitão-Donatário Flávio Wernik lançou uma Ordenação Capitanial contendo a Carta Magna. A Assembléia Legislativa de Fournaise só teve sua prosperidade realmente com Luís Romão como Líder. O pontapé inicial foi a feitura do Regimento Interno, em http://groups.yahoo.com/group/alfe/message/75. Assim como já havia sido feito anteriormente, organizaram-se os jogos straussianos (apesar de realizados em Fournaise), como uma espécie de Olimpíadas locais. Apesar de haver algumas desvantagens – que há em qualquer cooperativa, sociedade e etc – a “cooperativa” entre Stráussia e Fournaise começou a dar certo em fevereiro. Como já foi dito acima, a casa Legislativa foi ativada; as secretarias e o governo também. E, acima de tudo, o mês de fevereiro teve o estrondoso número de 1250 mensagens! Também foi proposto pelo capitão que se reduzisse o número de burgos de Straússia assim como se reduziu o número de burgos de Fournaise outrora. Além do Regimento Interno, também foram propostas as seguintes leis: que criava a Secretaria da Justiça, em http://groups.yahoo.com/group/alfe/message/90 e a lei dos jogos populares já anteriormente discutidos em lista, o Dia da Madeira, algo como o Dia da Batata, um feriado, livre do trabalho. A proposta está aqui http://groups.yahoo.com/group/alfe/message/93. Também começou a ser discutido se Fournaise deveria implantar um sistema monetário. Foi argumentado que Reunião já tinha um sistema monetário. Mas eram discussões que não deram certo, apesar de até proposta de lei ter sido feita. Essa proposta está em http://br.groups.yahoo.com/group/4naise/message/2328. Na Assembléia Legislativa de Fournaise, Luís Romão ficou de licença, em março de 2002, assim como o Capitão-Donatário. Apesar de sem amparo legal, o Governador diz assumir a ALFE até que o seu presidente volte. E foi nesse contexto que surgiu uma bruga com Michel Hulmann, que era contra tal atitude, principalmente depois que ele vetou uma moção proposta na casa e declarou recesso a Assembléia. A Secretaria da Fazenda também começou a cobrar impostos em abril de 2002. O mesmo secretário da Fazenda, que era burgomestre de São José, lançou a Carta Magna daquele burgo em 11 de maio de 2002. Podemos vê-lo aqui: http://br.groups.yahoo.com/group/4naise/message/2684. Como o Capitão-Donatário não poderia mais ficar tão ativo, foi deixado como interino Michel Hulmann. Ainda no contexto dos impostos, foram perdoados pelo capitão-donatário interino Michel Hulmann. (prova de que não serve um sistema de impostos em uma micronação) todos os que não os pagaram, e disse que não seriam cobrados impostos em maio. E, como já era de se esperar, volta novamente, em maio de 2002, Marcelo Fernandes. Uma importante data para a História de Fournaise foi 3 de junho de 2002. Foi lançado um plebiscito pelo Capitão-Donatário interino, com a pergunta: “Deve ser desfeita a Cooperativa Capitanial de Fournaise e Stráussia restabelecer sua condição de Capitania independente?” Ao dia 7 de julho, o Capitão lançou a resposta. E 7 pessoas (70%) haviam votado “sim”. Fournaise voltou a ser independente, extinta verdadeiramente pela Ordenação Capitanial Ordinária 006-02 (http://br.groups.yahoo.com/group/4naise/message/2785), que estabeleceu um feriado, 7 de junho, “Dia da Cooperação Capitanial”. Dia 15 de julho, finalmente volta o Capitão Donatário Flávio Wernik. E em setembro foi lançado uma proposta de Alteração na Carta Magna, onde Marcelo Fernandes diz que o Capitão-Donatário está inativo, e deveria ser mudada a parte onde diz que se o capitão estiver inativo, deveria ser aberto processo contra ele na ALFE. Flávio responde que estava ativo sim, porém sem aparecer muito. Porém, de qualquer modo, tal projeto foi aprovado pela ALFE. Podemos encontrá-lo em http://groups.yahoo.com/group/alfe/message/335. A partir de quando, em novembro de 2002, o então capitão-Donatário Flávio Wernik deixou interinamente com Francisco de Assis, a situação em Fournaise complicou. Na verdade Fournaise já estava parada, mas ficou ainda pior. E ficou complicada por um ano e um mês, pois Fournaise só voltou à atividade – e ainda com o mesmo capitão, Flávio Wernik – em dezembro de 2003. SAINT-DENIS 15 DE DEZEMBRO DE 2009 PRÉDIO-SEDE DO INSTITUTO HISTÓRICO REUNIÃO História de Fournaise – Volume III BARROS, Guilherme Tarquínio, 2009. 1. Cultura Reuniã I. História Reuniã I.i. História Fournaiseana Fontes de pesquisa: http://br.groups.yahoo.com/group/4naise http://br.groups.yahoo.com/group/nchandon http://br.groups.yahoo.com/group/alfe