Edicto Promulgatório (XIII)

From Arquivo Imperial
Jump to: navigation, search

SACRO IMPÉRIO DE REUNIÃO

PODER MODERADOR

PALÁCIO IMPERIAL DE SAINT DENIS - ANEXO OESTE

GABINETE DE S.A.I. O LORDE PROTETOR,

D. GLAUCO DE MURTA-RIBEIRO, CONDE DE TORRES NOVAS


EDICTO PROMULGATÓRIO


Neste quarto dia do mês de junho do ano de dois mil e quinze, a público vem o Lorde Protetor do Sacro Império de Reunião, no sagrado nome de Sua Sagrada Majestade Imperial D. Claudio I, manifestar sua vontade no seguinte termo, utilizando-se das atribuições a ele concedidas pela Sagrada Constituição Imperial de 1997:


CONSIDERANDO o Decreto Imperial 76 que define a as regras do Processo Eleitoral para a Assembléia Popular de Qualícatos (APQ).

CONSIDERANDO as homologações das listas dos candidatos e dos resultados finais do Processo Eleitoral publicados pela Desembargadoria Imperial.

CONSIDERANDO as Homologações das listas dos candidatos e dos resultados finais por parte das Capitanias Hereditárias e Vice-Reino.

CONSIDERANDO o T16A1 da Sagrada Constituição Imperial em que estabelece que os Qualícatos eleitos deverão tomar posse via Edicto Promulgatório;


DECIDIMOS:


EMPOSSAR SOLENEMENTE, os Qualícatos eleitos pelo bom povo das Capitanias Hereditárias e Vice-Reino de Reunião para a legislatura que hoje se inicia, conforme segue: Dirlei Dias Villieveut (ARENA-Le Port)


CUMPRA-SE. PUBLIQUE-SE. EFFECTIVO IMMEDIACTAMENTE.

Mandamos, portanto, a todas as autoridades a quem o conhecimento e execução da referida Ordem pertencer, que a cumpram e façam cumprir e guardar tão inteiramente como nela se contém. Faça-se imprimir, publicar e correr.

Dado e passado no Paço Armorial de Meira (Anexo Oeste), St. Denis, no quarto dia do mês de junho do ano de dois mil e quinze.


D. Glauco de Murta-Ribeiro, Duque de Torres Novas

Lorde Protetor do Império

Grão Prior da Mais Nobre Ordem da Coroa de Cobre