OGE 30-08-07

From Arquivo Imperial
Jump to: navigation, search

SACRO IMPÉRIO DE REUNIÃO PALÁCIO IMPERIAL DE ST. DENIS PODER MODERADOR GABINETE DE S.S.M.I. O IMPERADOR CLÁUDIO PRIMEIRO

ORDENAÇÃO GLORIOSA EXTRA-ORDINÁRIA


Neste trigésimo dia do mês de agosto do ano de dois mil e sete da Graça e Glória de Nosso Senhor, a público vem o monarca do Sacro Império de Reunião, manifestar Sua vontade nos seguintes termos, utilizando-Se das atribuições a Ele concedidas pela Sagrada Constituição Imperial de 1997 em seu Título V, Artigo 1o., Inciso Um:

CONSIDERANDO que Reunião se encontra completamente renovada e necessitando, para retomar seu crescimento “full’, de material humano e da colaboração de micronacionalistas dos mais diversos ideologias e credos;

CONSIDERANDO que é tradição em nosso país aceitar em seu seio até mesmo aqueles que no passado não compactuaram com a maneira reuniã de fazer o micronacionalismo, a qual é, inclusive, a única que se prova bem-sucedida incessantemente;

CONSIDERANDO que Reunião é pátria-mãe de tantos micronacionalistas, e que o amor da pátria é incondicional, e que a colaboração do maior universo de micronacionalistas é importante, assim como a UNIÃO NACIONAL em torno de um só ideal que é o progresso e o melhoramento do país,

DECIDIMOS,

SUSTAR:

- TODOS, sem absolutamente nenhuma exceção, os banimentos, degredos, expulsões e afastamentos de cidadãos já feitos neste Império, sendo, a partir desta data, comemorando os 10 anos deste Sacro Império, extinta a lista de cidadãos ‘personas non gratas’ do país.

Parágrafo Único: A presente Ordenação NÃO gerará efeitos sobre processos judiciais eventualmente em curso, suspensos ou interrompidos, valendo apenas como fator de EXTINÇÃO INTEGRAL dos efeitos de eventuais Decretos Imperiais e Ordenações Gloriosas, assim como Edictos Promulgatórios estabelecendo o afastamento, sob qualquer título, de cidadãos.


CUMPRA-SE. PUBLIQUE-SE. EFFECTIVO IMMEDIACTAMENTE.

Mandamos, portanto, a todas as autoridades a quem o conhecimento e execução da referida Ordem pertencer, que a cumpram e façam cumprir e guardar tão inteiramente como nela se contém. Faça-se imprimir, publicar e correr.

Sua Sacra Majestade Imperial, Cláudio Primeiro, pela Graça de Deus e Acclamação dos Povos, Sagrado Imperador de Reunião, Rei de Maurício, Grão Duque de Le Port, Fournaise, Conservatória e Stráussia, Defensor Perpétuo da Fé, Chefe da Casa Imperial de De Castro-Bourbon