OGI 18-09-2006

From Arquivo Imperial
Jump to: navigation, search

SACRO IMPÉRIO DE REUNIÃO PALÁCIO IMPERIAL DE ST. DENIS PODER MODERADOR GABINETE DE S.S.M.I. O IMPERADOR CLÁUDIO PRIMEIRO

ORDENAÇÃO GLORIOSA INTERVENTIVA


Neste décimo-oitavo dia do mês de setembro do ano de dois mil e seis da Graça e Glória de Nosso Senhor, a público vem o monarca do Sacro Império de Reunião, manifestar Sua vontade nos seguintes termos, utilizando-Se das atribuições a Ele concedidas pela Sagrada Constituição Imperial de 1997 em seu Título V, Artigo 1o., Inciso Um:

AGRADECER:

- Aos cidadãos-súditos GÉRSON MORAES DE CYSNE E FRANÇA, LAUCIMAR DA CUNHA eCARLOS FRAGA pelo irretocável comportamento à frente da JUNTA GOVERNATIVA PROVISÓRIA que, durant longo período, ocupou o Palácio Magistral, tendo o mesmos se alçado, após tal período, à mais alta consideração junto a este Soberano, tendo sido responsáveis pelo andamento das reformas implementadas e que foram aceitas pelo país, assim como pela abolição das reformas que foram rejeitadas pelo bom povo de Reunião. A Junta governativa é digna dos maiores aplausos, por ter atuado sempre de forma democrática e respeitando as opiniões alheias, lutando de forma veemente pela reactivação e pelo progresso de Reunião, tendo, neste mister, logrado GRANDE ÊXITO.

CONDECORAR:

- Os três acima citados súditos com a MAIS NOBRE ORDEM DA COROA DE COBRE, comenda oferecida ordinariamente sòmente a Chefes de Estado Estrangeiros que sejam parceiros e aliados de Reunião, mas que neste caso específico simboliza o afeto do bom povo de Reunião a três grandes Estadistas que souberam coordenar o Poder Absoluto de forma a que o mesmo fosse aceito e sentido por todos como um Poder Democrático e Cristão.

DECRETAR:

- EXTINTO, FINDO E PASSADO o Governo Provisório, requerendo ao MM. Desembargador Eleitoral que convoque ELEIÇÕES GERAIS, ficando decidido que até a Eleição dos Qualícatos e do novo Premier caberá ao Poder Moderador a Administração do Poder Executivo, sendo transferida, até tal ocasião, a sede do Executivo para o ANEXO OESTE do Palácio Imperial de St. Denis, e entregues as chaves do Palácio Magistral ao Presidente do Egrégio, o Marquês de Castello Branco, para entrega posterior ao novo Premier eleito.

CUMPRA-SE. PUBLIQUE-SE. EFFECTIVO IMMEDIACTAMENTE.


Mandamos, portanto, a todas as autoridades a quem o conhecimento e execução da referida Ordem pertencer, que a cumpram e façam cumprir e guardar tão inteiramente como nela se contém. Faça-se imprimir, publicar e correr.

Sua Sacra Majestade Imperial, Cláudio Primeiro, pela Graça de Deus e Acclamação dos Povos, Sagrado Imperador de Reunião, Rei de Maurício, Grão Duque de Le Port, Fournaise, Conservatória e Stráussia, Defensor Perpétuo da Fé, Chefe da Casa Imperial de De Castro-Bourbon