OGN 10-01-06

From Arquivo Imperial
Jump to: navigation, search

SACRO IMPÉRIO DE REUNIÃO

PALÁCIO IMPERIAL DE ST. DENIS

PODER MODERADOR

GABINETE DE S.S.M.I.

O IMPERADOR CLÁUDIO PRIMEIRO


CARTA DE CONCESSÃO DE TÍTULO DE NOBREZA

Conforme constitucionalmente previsto na alínea "e" do inciso "I", Artigo Primeiro do Título Quinto da Sagrada, combinado com o Decreto Imperial 0029-1997 e com o Edito 003-1999.


NÓS, Cláudio Primeiro, pela Graça de Deus e Acclamação dos povos sagrado Imperador do Sacro Império de Reunião, concedemos, utilizando-nos dos poderes a Nós conferidos pela Sagrada Constituição Imperial de 1997, sede legal específica supracitada, Neste décimo dia do mês Janeiro do ano dois mil e seis da Graça e Glória de Nosso Senhor Jesus Cristo e por Sua solene delegação, com fulcro no na legislação competente e na Sagrada Constituição deste Sacro Império, O nobre título de ""Barão da Santa Cruz"" a D. Alexandro Tarquino, Arcebispo Imperial de Reunião, cidadão deste Sacro Império e grande amigo da Casa Imperial por serviços de inestimável valia prestados à Casa Imperial de Reunião e apoio valoroso e constante às decisões e alvarás da Coroa.

É, pois, impressa à própria existência e individualidade do agraciado a marca da nobiliarquia reuniã, marca esta que correrá através do sangue de sua família de forma vitalícia e hereditária, honra esta que ainda aumentada poderá ser, percebendo o Poder Supremo contribuições ainda maiores.

[Manda o protocolo que seja executado o Hino Imperial neste momento]

[Todos de pé, o agraciado ajoelha-se perante S.S.M.I.; a banda imperial toca "Canon", de Johann Pachelbel; o Imperador empunha a Espada Imperial e toca os ombros do agraciado...]

Faço-te, agora, um membro da mais alta casta de Reunião. És um nobre, pela graça de Deus. Levante-se e receba as honras do povo, Dom Alexandro, Barão da Santa Cruz!

(Conste que o Barão será tratado, compulsoriamente, nos limites deste Sacro Império, pelo p. de tratamento Vossa Graça" e variações cabíveis)


Sua Sacra Majestade Imperial,

Cláudio Primeiro, pela Graça de Deus e Acclamação dos Povos,

Sagrado Imperador de Reunião,

Grão Duque de Dábliu, Fournaise, Conservatória e Stráussia,

Defensor Perpétuo da Fé,

Chefe da Casa Imperial de De Castro-Bourbon