OGN 28-07-2012

From Arquivo Imperial
Jump to: navigation, search
SACRO IMPÉRIO DE REUNIÃO
PODER MODERADOR
GABINETE DA REGÊNCIA

ORDENAÇÃO GLORIOSA NOBILIÁRQUICA

Ao vigésimo séptimo dia do mês de julho do duomilésimo décimo segundo ano da Graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, na festa de Santo Acácio de Mileto, de Santo Arduíno de Ceprano, de São Baldvido de Sodermanland, de São Cameliano de Troyes, dos Santos Celso e Nazário de Milão, de São Décio, de Santo Eustáquio da Galácia, de Santo Inocêncio I, confessor e sumo pontífice, de São Lúcido, de São Melchior Garcia Sampedro de Nam Dinh, de São Pedro Poveda Castroverde de Linares, de São Peregrino de Lyon, de São Sansão de Dol, de São Victor I, sumo pontífice, confessor e mártir, dos Santos Mártires de Tabaida, da Beata Afonsa da Imaculada Conceição Muttathupadathu de Bharananganam, e muitos bem-aventurados servos de Deus Todo-Poderoso, em observância as diretrizes previstas na Sagrada Constituição Imperial em seu Título V,

Considerando que o fim das nossas relações com o grupo micronacional denominado Pathros, por sua péssima e vexante conducta, extingue toda e qualquer honra que um cidadão seu porventura possa vir a ter,

E, considerando que a política de rebaixamento contínuo do título de cidadãos inactivos deve permanecer, sobretudo quando actuaram de forma prejudicial ao Império em actitudes desnecessárias de demonstração de poder, actos que percebe a Coroa com bastante tristeza quanto aos seus filhos,

Manda o Imperador Regente no Sagrado nome de Sua Sacra Majestade Imperial:


EXTINGUIR os títulos açorianos de Barão de São Miguel e São Rafael, outrora pertencentes aos senhores Rocco Barbosa e Dimitrios Samaras, bem como todas as honras reuniãs que porventura possam ter lhes pertencido.

HARMONIZAR o título de Duque de Oliveira Salazar em 1 (hum) grau, com descenso para o de Marquês de Oliveira Salazar.


CUMPRA-SE. PUBLIQUE-SE. TORNE-SE EFFECTIVO IMMEDIACTAMENTE.

Mandamos, portanto, a todas as autoridades a quem o conhecimento e execução da referida Ordem pertencer, que cumpram-na, e façam cumprir e guardar tão inteiramente como nela se contém.

Dado e passado no Palácio Imperial de Saint Denis, no Gabinete da Regência, ao vigésimo oitavo dia do mês de julho do duomilésimo décimo segundo anno da Graça de Nosso Senhor Jesus Cristo.


O IMPERADOR REGENTE D. LUCAS, Marquês de São Petrônio


“Amaste a justiça e odiaste a iniqüidade; por isso Deus, o teu Deus, te ungiu Com óleo de alegria mais do que a teus companheiros.” Hebreus 1:9

“Que também, como uma verdadeira figura, agora vos salva, o batismo, não do despojamento da imundícia da carne, mas da indagação de uma boa consciência para com Deus, pela ressurreição de Jesus Cristo.” 1 Pedro 3:21

“O Senhor, porém, pague a cada um a sua justiça e a sua lealdade, pois o Senhor te entregou hoje na minha mão, mas eu não quis estender a mão contra o ungido do Senhor”. 1 Samuel 26:23