OGO-E 10-08-2012-II

From Arquivo Imperial
Jump to: navigation, search
SACRO IMPÉRIO DE REUNIÃO
PODER MODERADOR
GABINETE DA REGÊNCIA

ORDENAÇÃO GLORIOSA ORDINÁRIA C/C EXTRAORDINÁRIA

Ao décimo dia do mês de agosto do duomilésimo décimo segundo ano da Graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, na festa de Nossa Senhora do Bom Sucesso, dos Santos Aurélio e Irineu de Cutigliano, mártires, de São Besso do Piemonte, de São Blano de Dumblan, de São Deusdedit de Roma, leigo, de São Gerôncio da Danônia, rei e mártir, de São Jacó, patriarca, de São Lourenço de Picassent, patrono dos Diáconos, de São Tiento e companheiros, monges e mártires, de Santa Ágata, de Santa Astéria de Bérgamo, virgem e mártir, de Santa Bassa, de Santa Mercês, de Santa Paula, do Beato Agostinho Ota de Goto, do Beato Arcanjo de Calatafino Piacentini de Alcami, do Beato José Toledo Pellicer de Llauri del Saler, do Beato Juan Martorell Soria de Picassent, mártir e companheiro de São Lourenço de Picassent, e muitos bem-aventurados do Senhor, em observância às directrizes previstas na Sagrada Constituição Imperial em seu Título V,

Considerando que existe a necessidade premente da erecção de um Conselho Privado, com fins de aconselhar directamente o augusto Imperador e nós, seu lugar-tenente, e ao nosso Lorde Protector,

E, considerando o estado de quase-extinção de entidade parecida, denominada Távola da Phoenix, que nos orienta a redirecionar para outros fins o sereníssimo Lorde Vexiliário,

Manda o Imperador Regente no Sagrado nome de Sua Sacra Majestade Imperial:


INSTITUIR o Alto Conselho Privado da Coroa, com fins de aconselhar intimamente o Poder Moderador em suas acções, além de sugerir modificações e fazer encaminhamentos, de forma sigilosa e premente, além de repassar informações de suma importância à Coroa.

DETERMINAR que os Conselheiros Privados da Coroa, além do direito de utilizar-se da abreviatura pós-nominais “CP”, possuem o direito facultativo ao uso do pronome de tratamento de “Muito Honorável”.

DETERMINAR que ao Presidente do Alto Conselho Privado da Coroa compete a direcção das acções dos muito honoráveis Conselheiros Privados, respondendo pela organização das informações trazidas pelos Conselheiros, além de direccionar sua boa-conduta.

CONCEDER status de Imperial Sociedade à Ordem e Távola da Phoenix, instituição criada na regência do então Grão-Duque de Chuberry, hoje Príncipe do Grão Índico, com fins de assistir ao Gabinete do Lorde Protector em políticas de Estado, de forma semelhante aos conselheiros extraordinários, mas voluntariamente, instituindo aos membros da r. Távola o direito de audiência directa com os altos dignatários do Poder Moderador.

NOMEAR para a honorabilíssima função de Conselheiro Privado da Coroa:

1. Sua Alteza Imperial o senhor D. Tiago Augusto Cardeal Melloni, Duque de Strüss-Valadão, Lorde Protector do Império;

2. Sua Sereníssima Graça o senhor D. Bruno Bragança de Chuberry, Conde de Tremblet, Lorde Vexiliário da Coroa;

3. Sua Excelência Imperial o senhor D. Douglas Klabunde, Conde de Tavares Borba, Premier do Império;

4. Sua Graça o senhor D. Glauco Garcia de Freitas, Conde de Torres Novas, Procurador-Geral do Império;

5. Sua Graça o senhor D. Marco Valentus de São Petrônio, Barão de Arraes Vasconcelos, Líder da Oposição.


DETERMINAR que a existência do Conselho Privado da Coroa extingue-se com o fim da presente Regência.


CUMPRA-SE.PUBLIQUE-SE. TORNE-SE EFFECTIVO IMMEDIACTAMENTE.

Mandamos, portanto, a todas as autoridades a quem o conhecimento e execução da referida Ordem pertencer, que cumpram-na, e façam cumprir e guardar tão inteiramente como nela se contém.

Dado e passado no Palácio Imperial de Saint Denis, no Gabinete da Regência, ao décimo dia do mês de agosto do duomilésimo décimo segundo anno da Graça de Nosso Senhor Jesus Cristo.


O IMPERADOR REGENTE D. LUCAS Marquês de São Petrônio, Cavaleiro de Sua Majestade o Sagrado Imperador de Reunião,

Cavaleiro da Ordem do Coração de Jutot, Cavaleiro da Ordem do Escudo de Tassinari, Cavaleiro da Ordem de Mosselin,

Portador da Ordem Educacional de Clarabella Null, Lugar-Tenente e Veador do Imperador, etc., etc., etc.

TIAGO AUGUSTO CARD. MELLONI, DUQUE DE STRÜSS VALADÃO

BRUNO BRAGANÇA DE CHUBERRY, CONDE DE TREMBLET


“Amaste a justiça e odiaste a iniqüidade; por isso Deus, o teu Deus, te ungiu Com óleo de alegria mais do que a teus companheiros.” Hebreus 1:9

“Que também, como uma verdadeira figura, agora vos salva, o batismo, não do despojamento da imundícia da carne, mas da indagação de uma boa consciência para com Deus, pela ressurreição de Jesus Cristo.” 1 Pedro 3:21

“O Senhor, porém, pague a cada um a sua justiça e a sua lealdade, pois o Senhor te entregou hoje na minha mão, mas eu não quis estender a mão contra o ungido do Senhor”. 1 Samuel 26:23