OGO 29-06-2006

From Arquivo Imperial
Jump to: navigation, search

ORDENAÇÃO GLORIOSA ORDINÁRIA

Neste vigésimo-nono dia do mês de junho do ano de dois mil e seis da Graça e Glória de Nosso Senhor, a público vem o monarca do Sacro Império de Reunião, manifestar Sua vontade nos seguintes termos, utilizando-Se das atribuições a Ele concedidas pela Sagrada Constituição Imperial de 1997 em seu Título V, Artigo 1o., Inciso Um:

CONSIDERANDO:

I – Os pedidos de renúncia feitos pelo Sr. Alberto Fioravanti;

II – A impossibilidade de prevalecer uma amizade – ainda que eterna – por sobre as leis e normas do Sacro Império de Reunião, que colocam a tutela dos factos jurídicos nas mãos do Poder Judiciário, e não do Poder Moderador;

III – A dificuldade do mesmo senhor em reconhecer que as demais autoridades reuniãs têm seus poderes delegados pelo Monarca e pelo Poder Moderador, o que as faz tão legítimas e oficiais quanto o próprio poder originário, que é a monarquia;

IV – A tristeza que nos acomete ao verificar que um súdito amigo – fiel companheiro mesmo – chegou a um momento em que considera qualquer coisa ofensiva, qualquer ofensa dirigida a si, enquanto ao mesmo tempo não parece perceber que também foi capaz de ofender, ferir e gerar discórdia, não sendo assim inocente testemunha a crimes cometidos por terceiros;

DECRETAMOS:

A – Aceitação de todas as renúncias publicadas neste cadastro por nosso grande amigo e fiel companheiro, agora Sr. Alberto Fioravanti;

B – Que estão MANTIDAS todas as disposições da Ordenação Gloriosa Interventiva publicadas ontem, como normas nobiliárquicas perenes deste Sacro Império, podendo as mesmas servir para QUALQUER nobre do Sacro Império de Reunião;

C – Que, em virtude da desconfiança que parece ter o amigo Sr. Fioravanti deste monarca, exoneramos o mesmo desde já do cargo de Conselheiro Especial dos Negócios Estrangeiros.


CUMPRA-SE.

PUBLIQUE-SE. EFFECTIVO IMMEDIACTAMENTE.


Mandamos, portanto, a todas as autoridades a quem o conhecimento e execução da referida Ordem pertencer, que a cumpram e façam cumprir e guardar tão inteiramente como nela se contém. Faça-se imprimir, publicar e correr.

Sua Sacra Majestade Imperial,

Cláudio Primeiro, pela Graça de Deus e Acclamação dos Povos,

Sagrado Imperador de Reunião, Rei de Maurício,

Grão Duque de Le Port, Fournaise, Conservatória e Stráussia,